• Palato

Mitos e verdades sobre a imunidade


Devido à grande preocupação com a imunidade neste período de quarentena, as pessoas acabam buscando soluções rápidas para tentar melhorar a saúde. Porém, é importante entender que não existem fórmulas mágicas e que a melhor opção continua sendo manter uma rotina de hábitos saudáveis, com exercícios e alimentação balanceada.


Mas, e as vitaminas e os superalimentos? Até que ponto contribuem para uma vida saudável? São tantas informações que circulam na internet, principalmente nas redes sociais, que acabamos ficando confusos, não é mesmo? Calma, nós vamos te ajudar! Reunimos aqui alguns mitos e verdades sobre alimentação que vão ser úteis para cuidar melhor da saúde.

Existem alimentos mágicos


Mentira. Eles trazem vários benefícios para seu corpo. Mas, não, os chamados “superalimentos” sozinhos não vão resolver problemas de saúde. É ilusão apostar em um alimento específico como a salvação para todos os males, pois fortalecer a imunidade é algo que envolve um conjunto de hábitos, que pode incluir sim, a longo prazo, a adição de superalimentos na sua rotina alimentar, mas que de forma isolada e imediata, não serão capazes de fazer milagres.

A carência de vitamina D piora a saúde de quem se encontra gripado


Verdade. A vitamina D possui um papel importantíssimo no fortalecimento e manutenção do nosso sistema imunológico. Quando presentes em níveis ideais no organismo, ela ajuda a combater infecções, ajudando o corpo a se recuperar mais rápido de gripes e resfriados. Isso ocorre porque as células de defesa – os linfócitos – possuem receptores para essa substância. Neste período de isolamento, vale a pena garantir 15 a 20 minutos diários de exposição ao sol para garantir a absorção dessa importante vitamina.


Comer peixe ajuda a melhorar a imunidade


Verdade. Quem inclui semanalmente peixes na rotina alimentar, garante uma boa dose de ácidos graxos, como ômegas 3 e 6, que fortalecem o sistema imunológico.


Suplementos são recomendados para todos


Mentira. Com a popularização dos suplementos alimentares, acabou se tornando muito grande sua procura e seu uso indiscriminado. Porém, nem todos os suplementos funcionarão para todas as pessoas. E, como o próprio nome já diz, o suplemento é utilizado para complementar a dieta, quando não se consegue obter algo da forma natural, através da alimentação. Sendo assim, é preciso cautela! Cada organismo tem necessidades diferentes, de acordo com os hábitos e o histórico da pessoa, e só um especialista poderá avaliar a real necessidade de suplementos.



Ingerir regularmente leites fermentados e iogurtes naturais favorecem a imunidade


Verdade. Esses tipos de alimentos contêm probióticos, bactérias que contribuem para melhorar o trânsito intestinal e favorecem a saúde e o funcionamento do organismo, de uma forma geral. Seus efeitos podem ser observados a longo prazo com o consumo frequente.




Tomar bastante vitamina C todo dia é garantia de mais saúde


Mentira. A vitamina C é hidrossolúvel: parte dela é absorvida pelo organismo e o seu excesso é eliminado pela urina. A menos que você tenha deficiência dessa vitamina, não convém consumir altas quantidades, que podem inclusive causar efeitos colaterais como dor de estômago e náuseas. Duas porções de frutas cítricas por dia já são suficientes para obter as quantidades necessárias. É importante seguir sempre a orientação de um nutrólogo ou nutricionista.



Gostou de saber mais sobre os mitos e verdades alimentares? Então, comece a prestar mais atenção ao que você coloca no prato no dia a dia. Sua saúde é muito importante! Cuide-se nessa quarentena.

Entre para o clube, baixe o app do Palato, aproveite os descontos e conteúdos exclusivos.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Um projeto do Palato.com.br

EMX©2020