• Palato

5 passos para começar e não parar mais de treinar

É só pensar em começar uma atividade nova que o cérebro já nos manda uma mensagem automática: "Poxa! Que preguiça! Vai dar tanto trabalho começar esse treino novo..." É assim que o nosso cérebro funciona, na lei do menor esforço. Menor gasto de energia mental, física e metabólica. O cérebro humano nos induz a permanecer no ambiente conhecido’, sempre.


Então como vencer essa pegadinha do nosso cérebro, ultrapassando barreiras diariamente?

A grande virada de chave está em encontrar a evolução nos resultados e a motivação no desconforto no que é desconhecido ao nosso cérebro. Porque é no desconforto físico que vem o relaxamento mental, sensação de dever cumprido, resultados e motivação para seguir em frente.


Chega de ser vencido pela sua pior ou melhor desculpa. Comece agora!


Reunimos aqui os 5 principais passos para você começar de vez e nunca mais parar de treinar. Escreva nas suas anotações pessoais essas 5 dicas para rever sempre que sentir necessidade.


1 - Compromisso e Motivação


Comece aos poucos e faça pelo compromisso com você mesmo, pelo compromisso com a sua saúde e pelo desejo de concluir o treino que você se propôs a concluir.

Dificilmente a motivação vem e fica, motivação é algo a ser buscado diariamente. Teste e encontre o que funciona pra você. Alimente a sua motivação todos os dias.


DICA DA NUTRI: escolha uma inspiração, como músicas, documentários, filmes, podcasts motivacionais etc.


2 - Profissionais qualificados


Para atingir objetivos com saúde é imprescindível ter boas orientações com profissionais qualificados. Avaliações físicas, consultas médicas e acompanhamento nutricional fazem parte desse pacote de sucesso para evitar erros que possam comprometer a saúde e os resultados desejados, além de prevenir possíveis lesões e de potencializar resultados. Mesmo que não seja de forma constante, o monitoramento da sua evolução com esses profissionais materializa os resultados e alimenta a sua motivação.



3 - Treino adequado


Na hora de escolher o primeiro tipo de exercício, tente focar no que você acredita ser o mais fácil para começar, seja caminhada na esteira, ir à academia ou até um treino feito on-line na sua própria casa. Não complique logo no começo, mas lembre do objetivo para a virada de chave: o desconforto, é ele quem irá trazer os maiores resultados e manter alimentada a sua motivação. Isso não significa desrespeitar os seus limites e nem o seu corpo, significa que irá buscar a evolução no desafio com você mesmo. Comece devagar e vá evoluindo.


4 - Planejamento e execução


Estabeleça na sua rotina os dias e os horários que você vai dedicar à atividade física e encare como uma rotina fixa na sua vida, como por exemplo ir trabalhar ou cuidar da casa. Isso não significa que você não pode flexibilizar os horários, porém deve haver uma rotina pré-estabelecida. Mesmo naqueles dias que bater aquele cansaço e desânimo, mantenha o foco e não desista. Recorra aos seus objetos de inspiração. Registrar o seu progresso também é uma ótima forma de se manter motivado.

Estabeleça bem os seus objetivos, trace metas curtas e vá aumentando o ritmo no decorrer do tempo. Com constância você chega lá!


5 - Atenção à alimentação


Atenção a esse tópico! Independentemente do objetivo, ter uma alimentação saudável e equilibrada é extremamente importante, não pode ser menosprezada, de maneira nenhuma. O ser humano depende de um bom combustível para manter as funções primárias e secundárias do organismo com qualidade, como a manutenção da imunidade, a qualidade do sono, a disposição, a energia, o desempenho físico/esportivo, a felicidade, a saúde emocional e o o bem-estar, dentre diversas outras situações. Alimento é vida!


Saber manter uma dieta saudável e suplementação específica para o seu objetivo não apenas te ajudará na melhora do desempenho nos treinos, como também será positivo para que os resultados almejados sejam atingidos com saúde e equilíbrio.


Mylena Porto

Nutricionista esportiva