• Palato

Saiba como melhorar os resultados nos treinos com a Nutrição Esportiva

Não preciso nem falar o quanto uma alimentação equilibrada é importante para a saúde. E para quem procura melhorar também os resultados nos treinos, isso não poderia ser diferente. A nutrição esportiva é fundamental no processo de ganho de massa magra, perda de gordura, evolução na performance, recuperação e proteção muscular/articular.


São inúmeros os benefícios da união correta entre treino e nutrição esportiva, assim como são vários os prejuízos quando a nutrição esportiva é menosprezada ou esquecida, como: dificuldade de ganhar massa magra e perder gordura, lentidão na recuperação muscular, alto risco de lesões, baixas de imunidade ou aquela sensação de não estar evoluindo nos treinos.


Então, se liga nas dicas:


1. Primeiro passo: hidratação


Se hidratar é essencial para a saúde e também para o desempenho físico e mental. Ingerir líquidos corretamente é tão importante quanto alimentar-se. Evita a fadiga e contribui bastante para se manter no foco. Lembrando que a hidratação deve acontecer o dia todo, não só durante ou após os exercícios, hein?


2. Alimentação antes, durante e depois do treino


Mude o seu pensamento sobre isso! A refeição pré-treino são todas as que antecedem àquele horário que você se exercita e não apenas àquela consumida uma hora antes. Portanto, toda alimentação é importante e influencia no resultado.


Consuma alimentos de grupos variados (carboidratos, proteínas e gorduras) durante todo o dia, eles irão fornecer a energia e o oxigênio que seus músculos precisam para não se fadigarem durante o exercício. É verdade também que os carboidratos são os mais energéticos e devem ser priorizados antes do treino, mais precisamente os carboidratos de baixo índice glicêmico, como batata-doce, macaxeira, abóbora e cereais integrais.


Depois dos exercícios, invista um pouco mais em proteínas. Elas irão ajudar na recuperação muscular. Mas os carboidratos também não devem ficar de fora, pois ajudam a repor o que se perdeu no treino e garantem que você tenha energia até o final do dia.



3. Ajudando na recuperação pós-treino


Alguns alimentos são conhecidos por possuírem propriedades anti-inflamatórias. É o caso daqueles ricos em ômega 3, como o salmão e a sardinha. “Gorduras boas”, como aquelas presentes no azeite e no abacate também conferem esse efeito. Especiarias como cúrcuma, gengibre e pimenta vermelha são outras boas opções. Esses alimentos ajudarão no equilíbrio do seu organismo e na recuperação dos efeitos da atividade física.


4. Combatendo o envelhecimento das células


Os treinos, muitas vezes, acabam infligindo certa carga de estresse ao organismo, aumentando a liberação de radicais livres, responsáveis por lesionar nossas células, contribuindo para o envelhecimento precoce. Por isso, a ingestão de antioxidantes, encontrados em legumes, como brócolis, couve e beterraba, ou em frutas, como laranja, abacate e frutas vermelhas, é muito importante. Afinal, são eles os grandes responsáveis pela destruição desses radicais livres.


Converse com sua nutricionista esportiva e obtenha os melhores resultados, seja perda de gordura, ganho de massa magra ou melhorar a performance, afinal bons resultados são aqueles que vêm acompanhados de saúde e equilíbrio.


Mylena Porto

Nutricionista esportiva

Entre para o clube, baixe o app do Palato, aproveite os descontos e conteúdos exclusivos.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branco Twitter Ícone
  • Branca Ícone Instagram

Um projeto do Palato.com.br

EMX©2020